Crianças que crescem perto dos avós são felizes de acordo com o estudo

Crianças que crescem perto dos avós são felizes de acordo com o estudo

Os avós são parte fundamental na vida dos mais pequenos da casa, devido ao seu amor, carinho, sabedoria, experiência e conhecimento inesgotável.

Normalmente a presença dos avós no crescimento dos filhos gera um impacto positivo, por proporcionar sensação de proteção, segurança e felicidade.

Os avós equilibram seu trabalho como figuras de autoridade e respeito com suas demonstrações de amor, afeto e apreço incomparáveis, especialmente por seus pequenos netos. Ser aquela mão macia que oferece carícias e abraços para confortar, apoiar e motivar, sem perder a força para guiá-los no caminho certo.

Servir como figura de apoio aos pais, pois podem contar com a avó e o avô para cuidar, proteger e educar os filhos. Por meio de memórias e experiências, eles se encarregam de transmitir o conhecimento e a moral para os mais pequenos.

É por isso que para os netos, a figura dos avós não há comparação, por mais laços emocionais que desenvolvam na vida os avós sempre serão únicos.

Para quem gostava de companhia, risos, abraços, brincadeiras e histórias dos avós, não existe melhor experiência na vida. Porque são seres que causam grande impacto na vida dos netos, gerando até na idade adulta, sentimentos de alegria e carinho por essas lembranças.

O valor dos avós na vida das crianças

Os avós, assim como grandes cuidadores, também representam uma fonte de aprendizado e formação moral para as crianças. Suas ações, palavras, gestos e lições acompanham os pequenos ao longo da vida, permanecendo com eles ainda na adolescência e na idade adulta.

Com base nessas experiências, a Universidade de Oxford e o Instituto de Educação da Universidade de Londres realizaram um estudo sobre os efeitos dos avós nos membros mais jovens da família.

Para isso, eles examinaram mais de 1.500 crianças entre 10 e 17 anos, das quais pelo menos 40% cresceram na companhia dos avós.

O estudo mostrou que a influência dos avós durante o crescimento dos netos, permitiu que os pequenos desenvolvessem maior confiança em suas qualidades e atributos. Facilitando assim suas interações com outras crianças e criando novos laços de amizade.

Desta forma, a presença dos avós provoca nos menores um melhor desenvolvimento emocional e sentimental. Permitindo um aumento da sua confiança, que se reflete diretamente nas suas relações com outras crianças e adultos. Embora a pesquisa garanta que existem três condições para a obtenção desses resultados:

  • Que os avós não moram na mesma casa que seus netos.
  • A fruição do tempo livre na companhia dos avós de forma natural e não imposta a nenhuma das partes.
  • Um ótimo estado de saúde física, mental e emocional por parte dos avós, capazes de lidar com os problemas e dificuldades típicos da parentalidade.

Esses fatores fazem com que a relação entre avós e netos surja naturalmente. Uma relação que se baseia no amor, carinho e respeito que existe entre os dois.

Deixe uma resposta