10 Dicas para curar uma casa doente

10 Dicas para curar uma casa doente

“Como dentro é fora”. Esta é uma lei universal bem conhecida que tendemos a esquecer muitas vezes. Quanto mais lotada, desarrumada e suja for a nossa casa, mais cansaço e falta de energia sentiremos, porque a casa nada mais é do que um reflexo de nós mesmos.

Se você se encontra um pouco deprimido, disperso, cansado, apático ou simplesmente deseja abrir espaço para novos projetos e humores, te convido a colocar sua casa em ordem para colocar sua vida em ordem.

10 Dicas para fazer sua casa e sua vida brilharem

Decorar e reformar sua casa não é apenas criar um ambiente bonito, mas também agradável, funcional e finalmente uma forma de organizar sua vida.

1. Avalie a quantidade de luz

Luz é vida, energia e alimento. Casas sombrias não são apreciadas por quase ninguém. Tenha muito cuidado se você gosta de andar pela casa sempre no escuro, pode ser um sintoma de depressão ou preguiça. É essencial que sua casa tenha luz para dar vida.

Também é muito importante que a quantidade de luz seja adequada, um excesso de luz pode prejudicar seu descanso.

2. Ordem e limpeza

A sujeira e a desordem criam caos, dispersão e fadiga. Se sua casa parece bagunçada, suja ou superlotada, você não tem escolha a não ser jogar fora ou doar o que não é mais útil para você.

Livrar-se do que não precisamos é abrir espaço para novas coisas e projetos que estão por vir.

3. Ventilação

As casas precisam respirar, especialmente quando parecem muito densas. Todos os dias é necessário ventilar um pouco para que o ar se renove.

Aromas agradáveis ​​aumentam sua vibração e melhoram seu humor. Velas, incensos, óleos essenciais são ideais para definir a sua casa, muito melhor se você optar por produtos naturais em vez de produtos químicos.

4. Área de descanso

Crie uma atmosfera personalizada em um lugar que convida ao relaxamento e reconexão. Organize um espaço pessoal onde você possa meditar, relaxar, ler um livro ou apenas descansar. Uma cadeira de balanço, um pequeno abajur, uma almofada e um cobertor não podem faltar nesta área.

5. Objetos com boas vibrações

Jogue ou doe os objetos que você associou a memórias ruins. Também se livre de fotos que geram emoções de tristeza ou melancolia, opte melhor por aquelas que transmitem boas lembranças.

Decorar com objetos que te dão boas sensações é algo muito pessoal, só você conhece as coisas que te motivam e dão brilho ao seu olhar.

6. Arrume sua cama todos os dias

Arrumar a cama logo ao se levantar é o clique que o faz ficar realmente ciente de quando seu dia começa e termina. Há estudos que dizem que as pessoas que fazem as camas regularmente são mais produtivas.

7. Tenha plantas

As plantas são vida e saúde. Incorpore plantas de acordo com o espaço de sua casa. 

Se a sua casa é grande ou tem um terraço, pode colocar mais plantas maiores. Para ambientes pequenos, plantas menores são melhores. Melhor se optarmos por plantas com folhas arredondadas porque suavizam o ambiente.

8. Combine cores

As cores ajudam a quebrar a rotina e dão muita brincadeira na hora de criar ambientes. Utilize cores frias para quartos ou zonas de descanso e as cores mais energéticas para zonas de maior movimento, como a sala de jantar ou o lugar em que as crianças brincam.

9. Sem eletricidade

Em seu quarto, evite eletrodomésticos como computador, TV, celular e outros, pois eles emitem ondas que alteram seu descanso e podem fazer você acordar no dia seguinte como se tivesse levado uma surra.

Também pegue seus livros de lá, o quarto é uma área de descanso e deve ser livre de qualquer atividade.

10. Minimalismo

Menos é mil vezes mais. Essas casas velhas e lotadas não são apenas antiquadas, mas também geram tristeza e estresse. Ter o essencial é fundamental para promover o relaxamento, principalmente quando sua casa é muito pequena.

Se a sua casa for muito pequena, menos coisas a fará parecer maior. Em casas pequenas é muito importante apostar em móveis mais funcionais e ter tudo muito bem arrumado.

Lembre-se de que sua casa junto com seu corpo é o templo em que você vive.

Deixe uma resposta