4 Princípios básicos seguidos pelas pessoas mais sortudas do mundo

4 Princípios básicos seguidos pelas pessoas mais sortudas do mundo

“Sorte é acreditar que você tem sorte.” – Tennessee Williams

Traga mais sorte para sua vida! Qual é o seu segredo? 

Pessoas de sorte encontram o par perfeito, perseguem suas ambições mais caras, fazem carreiras brilhantes e vivem uma vida plena e feliz. 

Seu sucesso não é porque trabalham duro, têm um talento extraordinário ou são altamente inteligentes. Eles simplesmente têm uma habilidade fantástica de estar no lugar certo na hora certa e desfrutam de mais golpes de sorte do que os mortais comuns.

Cada um de nós pode trazer mais sorte para nossas vidas. Depois de anos de entrevistas e experimentos com mais de 400 voluntários, Weisman chegou a uma conclusão bastante inesperada: segundo ele, somos os criadores de nossa própria sorte.

Ele também destacou os princípios básicos para criar sorte. Portanto, agora todos somos capazes de alcançar um sucesso significativamente maior, se desejarmos.

Os resultados de sua pesquisa mostraram que a sorte não é uma superpotência mágica ou, digamos, o trabalho do acaso. Além do mais, não acontece que alguém nasça com sorte ou azar.

“Embora as pessoas com boa e má sorte quase nunca percebem exatamente o que as torna sortudas ou azaradas, na realidade muito de sua sorte depende diretamente de nossos pensamentos e comportamentos”, diz Wiseman.

Sua pesquisa mostra que pessoas sortudas fazem sua fortuna com base em quatro princípios básicos:

1. Pessoas de sorte maximizam as chances de oportunidade

Pessoas de sorte criam, percebem e agem em oportunidades inesperadas. Aqui está seu exemplo científico: Wiseman conduziu um experimento simples para descobrir se os sortudos detectam melhor as oportunidades aleatórias. Ele deu um jornal às pessoas que se declararam sortudas e desafortunadas e pediu que analisassem e contassem as fotos. 

Em média, os azarados levaram cerca de dois minutos para fazer essa tarefa, mas os sortudos encontraram um truque. A segunda página do jornal continha um anúncio de meia página com a mensagem: “Pare de contar. São 43 fotos neste jornal.” Pessoas azaradas tendem a focar na dificuldade e pessoas de sorte tendem a detectar oportunidades.

2. Pessoas de sorte ouvem a intuição

Pessoas de sorte estão em contato com sua intuição e tomam decisões melhores por causa dela. Mas como você escuta melhor a intuição? Wiseman diz que é sobre estar no momento presente e ter uma mente clara. 

Pessoas de sorte tomam medidas para aumentar ativamente suas habilidades intuitivas, por exemplo, meditando.

3. Pessoas de sorte esperam boa sorte.

Sim, eles estão otimistas. E, assim como no estudo da superstição, quando você pensa que as coisas vão bem, elas vão bem com mais frequência. 

Wiseman acredita que isso também pode ser atribuído ao papel do otimismo na persistência. Ele diz: “As expectativas se tornam profecias auto-realizáveis ​​ao ajudar pessoas afortunadas a persistir em face do fracasso e moldar suas interações com os outros de maneira positiva.”

4. Pessoas de sorte veem o bem no mau.

O seu bem-estar não se baseia nas circunstâncias e por isso lidam melhor com os altos e baixos da vida. 

Wiseman descobriu que, quando o azar acontece, as pessoas sortudas costumam encontrar sorte naquele momento imaginando como as coisas poderiam ter sido piores. 

Tipo, “Estou tão feliz que meu pneu furou hoje em vez de na semana que vem, semana que vem tenho muita coisa para fazer!” Mas, no final das contas, eles assumem o controle da situação e seguem em frente.

Em um de seus experimentos psicológicos, Wiseman pediu aos sujeitos que imaginassem estar em uma determinada situação que ele descreveu e observou suas reações. Então, um dia, ele lhes pediu que imaginassem que foram feridos em um assalto a banco. Como você acha que pessoas sortudas e azaradas reagem a tal evento?

Aqui está o que o pesquisador diz:

Como regra geral, os azarados diziam que se tivessem problemas, pensariam que estavam muito azarados de estar no banco bem na hora de um assalto.

Pessoas de sorte acreditavam que, se em tal situação elas apenas escapassem com uma lesão, elas se consideravam com sorte, porque a outra alternativa poderia ser muito pior.

Um membro do grupo de sorte comentou: “Acho que tive sorte porque eles poderiam ter me matado. Eu também poderia vender os direitos da minha história para os jornais e ganhar algum dinheiro.”

Então, boa sorte criando sua própria sorte!

💡 Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos em sua rede social favorita. Você também pode salvar em uma pasta do Pinterest!

Deixe uma resposta