7 Características comuns de um psicopata que todas as pessoas precisam conhecer

7 Características comuns de um psicopata que todas as pessoas precisam conhecer

Hoje, vamos falar sobre psicopatia. Um assunto que costuma ser um pouco polêmico, mas de grande interesse para os profissionais da psicologia e que acredito que todos devemos saber.

Em primeiro lugar, está estatisticamente comprovado que 1% da população mundial é psicopata e que as pessoas que sofrem deste distúrbio, em geral, têm um comportamento que costuma causar problemas aos outros.

Os psicopatas são essas pessoas cuja maneira de pensar, sentir ou agir é muito particular. Eles são indivíduos insensíveis no coração. Não se preocupam com o bem-estar dos outros, não sentem culpa e carecem de empatia. Então, você tem que ter cuidado com eles, porque no pior dos casos, já viu que eles podem causar danos físicos e emocionais.

Como saber se estou diante de um psicopata?

Na psicologia, muitos costumam usar o termo transtorno de personalidade anti-social para se referir à psicopatia, portanto, aqui, também o usaremos em alguns casos.

As características que geralmente descrevem uma personalidade psicopática são as seguintes:

  • Eles são incapazes de controlar seus impulsos: psicopatas são pessoas tem uma dificuldade notável em evitar comportamentos que podem ser prejudiciais, tanto para si mesmos e para os outros. Chegam a cometer atos violentos e perigosos.
  • Eles não têm senso de responsabilidade: uma pessoa com transtorno da Personalidade Anti-Social não assume a responsabilidade por seus erros.
  • Eles procuram tirar proveito de seus relacionamentos: para os psicopatas, os relacionamentos sociais são vistos como um meio de satisfazer suas próprias necessidades. Assim, eles podem manter um vínculo com outra pessoa, desde que isso lhes ofereça algum benefício. Assim que o conseguirem, perderão o interesse total pela outra pessoa.
  • Não experimentam nenhum tipo de remorso: não sentem nenhuma culpa e carecem de sensibilidade diante de atos extremamente negativos, como agressão, abuso, maus-tratos, humilhação, etc.

Existem muitas outras características que descrevem uma pessoa com psicopatia.

Deve-se observar que os especialistas em psicologia são as únicas pessoas que podem fazer um diagnóstico sobre esse transtorno. Assim, com base em seus estudos e experiências, vamos descrever a seguir alguns indícios que podem nos fazer suspeitar que estamos lidando com um psicopata:

1. Eles são manipuladores

Os psicopatas são muito bons em persuadir. Geralmente, são pessoas muito carismáticas e sedutoras. O problema é que costumam usar isso para manipular outras pessoas e atingir seus objetivos.

Eles são indivíduos que sabem como lidar com o carisma e sabem que o possuem. Mas, eles só usam para conseguir o que querem: dinheiro, prazer, sentir-se poderoso, tirar vantagem de uma situação ou machucar alguém.

2. Eles não têm empatia

Este é o sinal mais claro de todos a suspeitar. Em artigos anteriores, falei sobre empatia. Essa capacidade de nos colocarmos no lugar do outro, ou pelo menos, de imaginar como ele se sente em determinada situação.

A empatia é algo que a maioria das pessoas experimenta. Mas, pessoas com Transtorno da Personalidade Anti-Social não têm essa habilidade. Alguns estudiosos do sistema nervoso central chegaram a descobrir que os psicopatas têm uma área do cérebro que está ligada à empatia, diferente daquela de uma pessoa normal.

Assim, os psicopatas não são afetados pelo fato de uma pessoa estar triste ou com dor. Isso não os afeta de forma alguma.

3. Eles mentem excessivamente

Aqui, você tem que ter cuidado, porque todos nós mentimos em algum momento da vida. Porém, não é a mesma coisa mentir uma vez e se sentir culpado por isso, ter que mentir sistematicamente, de propósito e sem remorso.

Os psicopatas têm uma grande facilidade para mentir e se alguém os descobriu e os confrontou, eles procurarão uma forma de justificar isso.

Eles farão você acreditar que eles realmente não mentiram e que, se mentiram, tinham uma razão para isso.

4. Eles são narcisistas

Os psicopatas são geralmente muito egocêntricos, mas escondem isso bem.

Eles têm um senso muito inflado de si mesmos, então eles estão apenas interessados ​​em seu próprio bem-estar. E outra coisa, eles se preocupam muito em cultivar sua imagem. Eles vão tentar parecer bonitos, poderosos ou bem-sucedidos, mas cuidado, eles não toleram qualquer tipo de crítica.

5. Eles não sentem medo, culpa ou vergonha

O que quer que façam, os psicopatas nunca se arrependem de suas ações, porque não têm consciência moral. Eles vivem de acordo com seus próprios valores e fazem o que consideram necessário para atender às suas necessidades.

Se um psicopata, por exemplo, engana você, eles nem mesmo considerarão que fazer isso é errado. Nem mesmo parecerá algo errado ou ilegal, porque está dentro do seu esquema de valores.

6. Eles tendem a ser muito cruéis com animais ou pessoas

Diz-se que nem todas as pessoas que têm um Transtorno da Personalidade AntiSocial são necessariamente criminosos. Na verdade, está provado que nem todos os criminosos são psicopatas, mas a maioria dos psicopatas pode causar danos às pessoas ao seu redor, incluindo animais.

Ou seja, podem ser agressivos, facilmente entrar em brigas físicas, ou ser muito violentos com o parceiro ou com a família. No caso de ferir animais, em particular, este é um indicador muito forte em algumas crianças.

Há crianças, felizmente poucas, que gostam de maltratar os animais, simplesmente porque gostam. Aqui, você deve prestar muita atenção, porque isso poderia ser o caso de um psicopata em potencial. Nesse caso, é aconselhável levar a criança para terapia psicológica.

7. Eles são pessoas falsas

Seu encanto é superficial, pois as pessoas com psicopatia são realmente falsas por natureza. Como dito acima, eles são muito carismáticos e tentarão parecer charmosos. Eles não tem nenhum problema em fazer todos acreditarem que são os “melhores amigos” e que se dão muito bem. Lembre-se de que isso só é feito para obter o que eles precisam.

Estes são os 7 principais sinais para suspeitar que você está enfrentando uma pessoa com psicopatia. Se você vir todas essas características juntas e em alguém muito próximo a você, é melhor estar alerta e buscar aconselhamento psicológico sobre o que você pode fazer.

É sempre necessário saber com que tipo de pessoas estamos lidando.

Por fim, quero enfatizar que este artigo não visa fazer julgamentos contra outra pessoa ou fornecer um diagnóstico psicológico. Simplesmente busca alertar e prevenir com base no que muitos psicólogos recomendam nesses casos.

Deixe uma resposta