8 Regras de ouro que todos os pais divorciados devem seguir

8 Regras de ouro que todos os pais divorciados devem seguir

O divórcio é um assunto muito delicado para os filhos, aliás, eles são os mais afetados durante a desconfortável separação dos pais, pois geralmente são os pequenos que sofrem ao presenciar cada briga conjugal.

É preciso saber que sempre há uma alternativa para que seu filho não cresça com traumas devido a esse tipo de situações e que você tenha que utilizá-la desde o primeiro momento em que sentir que seu relacionamento está em declínio, por isso, neste post vamos falar sobre algumas regras que todo pai deve seguir antes, durante e depois do divórcio.

8 Regras que todos pais divorciado deve usar com seus filhos

1. Não deixe que eles se sintam culpados pela sua separação:

Os pequenos, ao verem que os pais brigam demais, muitas vezes pensam que a culpa é deles e até se arrependem do nascimento. Deixe-os saber o quanto estão errados e mostre todo o seu amor.

2. Dê a eles mais amor e menos presentes:

Os detalhes são tão fofos, mas um presente não é tão valioso quanto o tempo entre pais e filhos. Passe um tempo com seus filhos, vá ao parque ou à praia e converse até sobre as coisas menos importantes, mas não tente compensá-los apenas com presentes.

3. O ajude a crescer e se sentir apoiado:

Nesta fase, os seus filhos precisam de si mais do que nunca, por isso diga a eles que podem contar sempre contigo, sejam quais forem as circunstâncias, o seu apoio como pai ou mãe é essencial para o seu filho.

4. Nunca o proíba de falar com seu ex-parceiro:

Este é um erro que muitos pais cometem. Eles não são culpados pelos erros que vocês dois cometeram em seu relacionamento. Eles precisam dos dois pais, então não fale mal do seu ex-companheiro, muito menos o afaste, pois isso os prejudicará mais.

5. Não discuta nos dias de visita:

Se o seu ex parceiro veio a sua casa para visitar os filhos, evite os comentários depreciativos e odiosos, evite brigas e deixe seus filhos ficarem com os pais.

6. Não os use em seu benefício:

Eles não são algum tipo de mensageiro pessoal que pode dar mensagens ao pai apenas para que você não cruze as palavras com ele e vice-versa. Quanto menos seus filhos souberem dos problemas jurídicos do divórcio, melhor será sua infância.

7. Não exponha seus filhos a parceiros de passagem:

Se você reconstruir sua vida, pelo menos certifique-se de que esse novo relacionamento dure antes de apresentá-lo a seus filhos. Lembre-se de que ver a diversidade de pessoas que se relacionam com qualquer um dos pais cria instabilidade emocional e sentimental.

8. Não corte o contato com eles:

A maioria dos pais, em termos gerais, pensa que, ao se divorciar, também se livra dos filhos, o que não é verdade. Você se separou de quem um dia foi o amor da sua vida, não do fruto do seu relacionamento, nunca se esqueça disso.

Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta