Após a morte, o corpo se mexe por quase um ano de acordo com uma descoberta científica

Após a morte, o corpo se mexe por quase um ano de acordo com uma descoberta científica

A cientista Alyson Wilson conduziu pesquisas no Australian Facility for Taphonomic Experimental Research, na chamada body farm. Neste local específico, os cadáveres são preservados para a realização de pesquisas científicas. 

A pesquisadora descobriu que os corpos se movem por quase um ano após a morte. Mas, o que isso significa? Vamos descobrir juntos!

A descoberta chocante! Após a morte, o corpo ainda se move por um ano

Alyson Wilson e sua equipe têm analisado cadáveres há mais de um ano. Na verdade, ao fotografar os corpos sem vida de alguns falecidos, ela percebeu que eles não estavam imóveis, mas que até moviam os braços. Wilson, em particular, descobriu que depois de algum tempo, um cadáver que tinha os braços cruzados moveu os braços após a morte. Mas, por que esses fenômenos ocorrem? A resposta é simples.

Não se preocupe! É tudo devido à decomposição

O cientista disse que esses movimentos se devem à decomposição, durante a qual os ligamentos secam e, portanto, “cedem para baixo”.

O resultado da busca pode ajudar os legistas e os policiais, a fim de poderem estabelecer com mais precisão a hora do óbito e proceder à identificação dos corpos cuja identidade não seja mais facilmente conhecida.

Entender porque nosso corpo está em movimento após a morte, certamente ajudará

a polícia, podendo assim evitar a possibilidade de erros quanto à determinação da causa da morte.

Deixe uma resposta