Certamente você já ouviu falar que, entre todos os irmãos, o mais velho é o mais responsável e os mais novos geralmente são mais mimados. No entanto, você acha que são apenas estereótipos ou é verdade que a ordem em que nascemos define nossa personalidade?

A teoria da ordem de nascimento nasceu no final dos anos 20 com Alfred Adler, amigo e colega de Sigmund Freud. Aparentemente, Adler acreditava que a ordem em que nascemos em uma família afeta intrinsecamente nossa personalidade da seguinte maneira:

Personalidade de cada um dos irmãos:

O mais velho

O irmão mais velho tende a ser conservador, focado e predisposto a exercer liderança. 

Como ele geralmente é responsável por seus irmãos mais novos, os primogênitos geralmente são carinhosos, tendem a ter uma certa predisposição para se tornar pais e a ter mais facilidade quando se trata de tomar a iniciativa.

O irmão do meio

Como o irmão ou irmã mais velho atua como exemplo para o segundo filho, eles geralmente se esforçam para superar o mais velho, tentando se destacar por serem ambiciosos e raramente egoístas.

Eles também são mais propensos a estabelecer metas excessivamente altas, que, embora aumentem o número de falhas, também as ensinam a enfrentar as dificuldades da vida para fortalecê-las.

O irmão mais novo

Como regra geral, o irmão mais novo é quem recebe mais cuidado e atenção dos pais e irmãos, por esse motivo, eles também tendem a se sentir mais dependentes dos outros.

No entanto, os pequenos da família tendem a se sentir muito motivados a superar seus irmãos mais velhos e, muitas vezes, alcançam grande sucesso e reconhecimento. Eles também tendem a ser muito sociáveis, embora provavelmente sejam mais irresponsáveis do que seus irmãos mais velhos.

O filho único

Sem irmãos para competir, os filhos únicos acabam sendo excessivamente mimados, eles esperam que outros os ofereçam mimos e proteção, o que às vezes os leva a se destacar na dependência e no egocentrismo.

Por outro lado, as crianças criadas sem irmãos às vezes mostram alguma dificuldade em interagir com seus pares.

Embora essa teoria tenha conquistado muitos defensores ultimamente, também existem inúmeros pesquisadores que a descartam completamente. Para esclarecer esse mistério, pesquisadores da Universidade de Leipzig e da Universidade Johannes Gutenberg em Mainz estudaram mais de 20.000 adultos nos Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha.

Após a coleta de dados, os pesquisadores descobriram que, embora o primogênito geralmente mostre maior desempenho nos testes de inteligência, eles não observaram que a ordem de nascimento exerceu algum efeito na estabilidade emocional e na imaginação.

Outro teste, por outro lado, forneceu evidências de que a ordem de nascimento afeta a personalidade depois de analisar mais de 370.000 estudantes do ensino médio nos Estados Unidos.

A partir deste estudo, os pesquisadores concluíram que os filhos mais velhos geralmente tendem a ser mais honestos e dominantes. No entanto, eles também são menos sociáveis.

Os filhos do meio tendem a ser mais conscientes e diligentes, enquanto, muito provavelmente, a criança é aberta e sociável. E as crianças que não têm irmãos são geralmente nervosas, abertas e sociáveis.

Precisamos levar esses dados com alguma perspectiva. Essas investigações não levam em conta fatores sociais tão importantes quanto a educação, o bem-estar dos pais ou os relacionamentos dentro da família.

Embora a ordem em que nascemos possa ter um certo impacto na personalidade ou na inteligência, não devemos esquecer que os relacionamentos entre pais e filhos e a educação que os filhos recebem em suas casas são fatores muito mais importantes na definição de sua personalidade.

Essa teoria se aplica aos membros de sua família?

Leave your vote

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.