Evite esses 12 hábitos destrutivos de pessoas infelizes

Evite esses 12 hábitos destrutivos de pessoas infelizes

Em um estudo da Universidade da Califórnia, psicólogos descobriram que a genética e as circunstâncias da vida respondem por apenas 30% da felicidade de uma pessoa. 

O resto está sob seu controle!

A felicidade em si é difícil de definir. Ele vem em muitas formas e é exclusiva para cada pessoa. A infelicidade, entretanto, é fácil de identificar. 

O que torna as pessoas tão infelizes, não importa o que esteja acontecendo ao seu redor? Como você pode evitar se tornar essa pessoa?

Aqui estão 12 hábitos destrutivos de pessoas infelizes a serem observados:

1. Ter uma dieta ruim:

Certos aspectos da infelicidade surgem de um impacto totalmente físico em sua vida. A má nutrição pode te prejudicar de várias maneiras, incluindo problemas de saúde, ganho de peso, redução da produtividade, falta de energia e depressão.

Mudar para uma dieta bem balanceada fará com que você se sinta bem, o que, por sua vez, estimula mais energia, agilidade mental, aumento da produtividade e peso corporal saudável, o que, por sua vez, pode criar uma maior sensação de positividade corporal.

2. Ser excessivamente crítico:

Pessoas infelizes têm seu próprio julgamento negativo, atacando seu senso de autoestima.

Eles trazem outros para se levantarem, mas isso nunca funciona a longo prazo. Aprenda a aceitar e perdoar a si mesmo por seus erros e concentre-se em aceitar as diferenças entre você e as pessoas ao seu redor.

3. Fofoca:

Não há nada de positivo em dizer coisas ruins sobre as pessoas ao seu redor. Convidar essa negatividade desnecessária para sua vida só vai causar um estado de espírito infeliz, brincando com suas próprias inseguranças internas.

Em vez de se concentrar no negativo, tente ajudar as pessoas com quem você entra em contato.

4. Ter arrependimentos do passado:

Convidar o arrependimento para sua vida só serve a um propósito, e também é um convite à negatividade para sua vida. Não aceite esse infortúnio desnecessário! A psicologia de hoje identifica quatro maneiras de lidar com o arrependimento:

  1. Aprenda com os erros, mas não pare.
  2. Se nada pode mudar a situação, desista.
  3. Certifique-se de que não haja muitas reclamações.
  4. Reformule a situação de uma forma mais positiva

5. Ser materialista:

A busca para sempre permanecer em um nível material é preparar-se para o fracasso em quase todas as circunstâncias. A menos que você seja a pessoa mais rica do mundo, com mais ativos e da mais alta qualidade, sempre haverá alguém que tem mais do que você atualmente.

Não se permita acreditar que gastar o cartão de crédito te levará à felicidade! Encontre coisas que te dêem felicidade sem gastar muito, leitura, música, exercícios, qualquer coisa que te faça sorrir sem se endividar.

6. Guardar rancor:

Como as outras emoções negativas que mencionamos, os rancores são um peso negativo desnecessário em nossas vidas. Guardar rancor é como beber veneno e esperar que outra pessoa morra.

Nesse ponto, o rancor não é mais sobre o comportamento da pessoa contra quem você o guarda, mas sobre sua própria incapacidade de se concentrar na felicidade de sua própria vida. É hora de seguir em frente, perdoar, esquecer e ignorar, quaisquer passos que você precise dar para deixar ir.

7. Reclamar o tempo todo:

Mesmo quando cercada de felicidade e situações positivas, uma pessoa cronicamente infeliz pode encontrar algo do que reclamar. Eles se recusam a aceitar as circunstâncias da vida como qualquer coisa que não seja negativa, eles apenas se concentram nas coisas que estão dando errado em suas vidas.

Como você evita essa armadilha? Em vez de se concentrar no problema, encontre uma solução!

8. Não perseguir seus sonhos:

A parte mais difícil de viver seus sonhos é dar o primeiro passo. Somente perseguindo as coisas pelas quais somos mais apaixonados podemos fazer parte de algo grande.

Não atrase a busca de seus objetivos e sonhos. Mesmo um pequeno passo é um passo na direção certa.

9. Se preocupar com o futuro desnecessariamente:

A necessidade de controle costuma ser uma fonte de tristeza porque temos muito pouco controle sobre o que o futuro reserva. Embora possamos tomar decisões inteligentes para nos guiar em direção a nossos objetivos e sonhos, sempre haverá situações inesperadas ao longo do caminho.

Aprenda a viver no presente. Pessoas felizes podem tirar proveito disso hoje e assumir qualquer desafio que surgir, sem deixar que ele o controle hoje.

10. Ter vícios e gula:

Boa comida, uma bebida relaxante com amigos, um momento tranquilo com um videogame favorito, todas essas coisas são saudáveis ​​com moderação, mas quando a gula e o vício entram na mistura, eles podem roubar sua felicidade ao assumir o controle de tua vida.

Se concentre em suas paixões e amplie seus horizontes para evitar levar algo aos holofotes.

11. Deixar seus medos tomarem conta de você:

O medo pode ser paralisante, nos impedindo de tomar as medidas necessárias para lidar com as coisas que nos fazem felizes. Tal como acontece com a preocupação com o futuro, é importante focar no aqui e agora.

Lembre-se de que você não é seus pensamentos negativos e, como tal, não precisa ceder a eles.

12. Exagerar:

Quando você está em um posto de serviço, é mais provável que você se concentre no lado negativo e emocional de cada situação. Isso geralmente fará com que você exagere, fazendo com que o menor passo para trás pareça alarmante e incontrolável.

Quando se trata de emoções negativas, certifique-se de dar um passo atrás, respirar fundo e tentar olhar para o problema objetivamente.

Deixe uma resposta