Essa reflexão de Mark Zuckerberg vai encher seu dia de motivação

Essa reflexão de Mark Zuckerberg vai encher seu dia de motivação

Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook, em seu discurso para os estudantes de uma das universidades mais prestigiadas do mundo, deixou uma mensagem valiosa que vai encher seu coração de motivação!

Veja o recado que ele deixou, uma grande inspiração para todos nós!

Você apenas tem que começar…

“Esteja preparado para ser mal compreendido.

Qualquer um que estiver trabalhando em algo visionário será chamado de louco, mesmo se no fim das contas ele estiver certo.

Qualquer um que estiver tentando resolver problemas complexos será culpado por não os entender completamente. Mesmo se for impossível saber com antecedência.

Qualquer um que tomar iniciativa será sempre criticado por ir rápido demais, porque sempre tem alguém tentando te atrasar.

Em nossa sociedade, frequentemente evitamos tentar grandes coisas, porque nós temos medo de cometer erros. Mas, se não fizermos nada hoje, teremos problemas no futuro.

Isso não pode nos impedir de começar. O que você está esperando?

Está na hora da nossa geração definir grandes trabalhos.

Muitos de nossos pais tiveram empregos estáveis ao longo de suas carreiras. Mas, a nossa geração, todos nós somos um pouco empreendedores. Seja começando seu próprio projeto ou encontrando o seu papel eu outro.

A nossa cultura do empreendedorismo foi o que criou tanto progresso. A cultura empreendedora se fortalece quando é fácil testar muitas ideias.

O Facebook não foi a única coisa que construí. Também criei sistemas de chat, jogos, ferramentas de estudos e players de música… E não estou sozinho.

J.K Rowling foi rejeitada 12 vezes antes de finalmente publicar Harry Potter.

Até mesmo Beyoncé teve que fazer centenas de músicas para conseguir Halo.

Os grandes sucessos vêm da liberdade de falhar.

Hoje, eu quero falar sobre propósito. Eu não estou aqui para te dar o discurso padrão sobre encontrar o seu propósito… Nós já fazemos isso instintivamente.

Em vez disso, eu estou aqui para dizer que encontrar o seu propósito não é suficiente.

O desafio da nossa geração é criar um mundo onde todos tem um senso de propósito.

Uma das minhas histórias favoritas foi quando o JFK foi visitar o centro espacial da NASA. Lá, ele viu um zelador segurando uma vassoura, ele perguntou o que o zelador estava fazendo e o zelador respondeu: “Senhor Presidente, eu estou ajudando a levar um homem para a lua.”

O propósito é aquele sentimento de que você faz parte de algo maior que você. De que você é necessário e de que tem algo melhor na frente pelo qual trabalhar.

O propósito é o que cria a verdadeira felicidade. Eu me lembro daquela noite quando lancei o Facebook no meu pequeno dormitório. Eu fui para um restaurante com o meu amigo KX, eu me lembro de ter dito claramente que eu estava feliz por conectar a comunidade de Harvard, mas algum dia alguém iria conectar o mundo inteiro!

O negócio é que nunca passou pela minha cabeça de que poderia ser a gente. Nós éramos apenas estudantes! Não sabíamos nada dessas coisas. O mundo com todas essas grandes empresas de tecnologia, cheia de recursos… Então eu apenas imaginei que alguma delas iria fazer isso.

Mas, essa ideia era tão clara para a gente, que todas as pessoas queriam se conectar, então nós simplesmente continuamos trabalhando nisso, dia após dia.

Eu sei que muitos de vocês terão suas próprias histórias assim. Uma mudança no mundo que parece tão óbvia que vocês têm a certeza que outras pessoas farão. Mas elas não irão. VOCÊ IRÁ!

Mas, não é suficiente apenas ter esse propósito. Você também tem que criar um senso de propósito para outras pessoas, eu descobri isso da pior maneira.

Veja, eu nunca esperava criar uma empresa. Eu queria causar impacto. Todas essas pessoas começaram a se juntar a nós, então eu imaginei que era isso que elas queriam também. Então, nunca tirei um tempo para explicar o que eu queria construir.

Uns dois anos depois, algumas grandes empresas quiseram nos comprar. Eu não quis vender. Eu queria ver se a gente conseguisse conectar mais pessoas. Nessa época estamos criando o feed de notícias.

Eu pensava: “Se nós pudéssemos lançar isso, ele pode mudar a forma que conhecemos o mundo.”

Praticamente todo mundo queria vender. Sem um alto senso de propósito, esse era um sonho de startup se realizando. Isso dividiu a nossa empresa.

Após uma conversa tensa, um dos meus conselheiros mais próximos me disse que, se eu não concordasse em vender a empresa agora, eu iria me arrepender dessa decisão pelo resto da minha vida.

As relações ficaram tão desgastadas, que dentro de um ano ou um pouco mais todas as pessoas da nossa equipe de gestão haviam ido embora. Essa foi minha época mais difícil liderando o Facebook.

Eu acreditava no que estávamos fazendo, mas eu me sentia sozinho. O PIOR… A culpa era minha! Eu me perguntava: “Será que estou errado?”

Um garoto de 22 anos que não tinha ideia de como as coisas realmente funcionavam. Agora, anos depois… Eu entendo que é assim que as coisas funcionam quando não há um senso de propósito maior. Então, é responsabilidade de todos nós criar isso, para todos nós seguirmos em frente juntos.

A nossa geração terá que lidar com milhões de empregos substituídos pela automação como carros e caminhões auto-dirigíveis.

Mas, nós temos potencial para fazer bem mais do que isso. Todas as gerações tem seus trabalhos marcantes. Mais de 300 mil pessoas trabalharam para pôr aquele homem na lua, incluindo o zelador.

Agora é a vez da nossa geração fazer coisas grandiosas. Agora, seu sei, talvez você esteja pensando: “Eu não sei como vou conseguir fazer milhões de pessoas se envolverem em alguma coisa.”

Mas… deixa eu te contar um segredo. Ninguém sabe quando começa! Ideias não são criadas prontas. Ideias só se tornam claras à medida que você trabalha nelas. Você apenas tem que COMEÇAR.

Se eu tivesse que saber tudo sobre conectar pessoas quando eu comecei, eu nunca tinha criado o Facebook. Os filmes e a cultura popular entendem isso de forma totalmente errada.

A ideia de um “Momento Eureka” é uma mentira perigosa. Esse pensamento nos faz sentir incapazes porque ainda não tivemos esse momento, isso impede que as pessoas com boas ideias comecem.

Que tal parar o aquecimento global antes de destruir o planeta e fazer com que milhões de pessoas se envolvam? Que tal curar todas as doenças e envolver pessoas ao pedir que voluntários compartilhem seus dados de saúde e seus genomas?

Hoje a nossa sociedade gasta 50 vezes mais tratando pessoas que estão doentes em vez de investir na cura para que elas não adoeçam. Isso não faz sentido! Nós podemos mudar isso.

Todas as conquistas estão ao nosso alcance. Vamos fazer grandes coisas. Não apenas criar progresso, mas também propósito.”

– Mark Zuckerberg

Deixe uma resposta