Reflexão: Os filhos não precisam dos pais juntos, precisam dos pais felizes…

Reflexão: Os filhos não precisam dos pais juntos, precisam dos pais felizes…

O divórcio às vezes é a melhor decisão que podemos tomar, para nós mesmos e para nossos filhos. Uma casa onde só há brigas é um mau exemplo, não deixe seus filhos crescerem vendo pais infelizes.

Os filhos não precisam dos pais juntos, precisam dos pais felizes.  Existem muitos casais que permanecem juntos mesmo quando o amor acaba. Com o pretexto de que continuarão juntos por seus filhos.

Quando você se casa, você acredita que vai durar uma vida inteira, com o ideal de um conto de fadas: “Eles viveram felizes para sempre”. Você logo descobre que o  amor é uma tarefa diária que exige constante respeito, tolerância e carinho.

São inúmeros os fatores que podem causar o desgaste de um relacionamento: A falta de tempo para se dedicar ao parceiro, a incompatibilidade de interesses ou a infidelidade.

É humano errar e entender que não estamos mais felizes com nosso parceiro. Evite ficar onde não há mais amor. Algumas pessoas decidem manter um relacionamento tóxico apenas pelas crianças. 

Alguns acreditam que podem fingir o casamento perfeito na frente da sociedade, mas na frente dos filhos é impossível disfarçar. Eles são pequenos mas percebem tudo, percebem um pai ausente e percebem uma mãe irritada e infeliz.

Lembre-se de que, para dar amor e felicidade, você deve primeiro ter amor próprio. Aceitar que seu relacionamento não está funcionando é o primeiro passo para encontrar sua própria felicidade. Uma casa onde há desrespeitos e discussões constantes é um mau exemplo.

É melhor que os filhos vejam os pais felizes, mesmo separados, se tornem um exemplo de segurança e independência para eles. Evite incutir neles que o amor é tolerar tudo.

Deixe uma resposta