5 Boas razões para assistir a série ‘Anne With An E’

Anne with an E, é uma série espetacular, baseada na série de romances de Anne of Green Gables da autora canadense Lucy Maud Montgomery. 

Para se ter uma ideia, os romances são sobre uma órfã chamada Anne Shirley, que é erroneamente adotada pelos irmãos Marilla e Matthew Cuthbert, que vivem em uma cidade chamada Avonlea na ilha Prince Edward, no Canadá.

Os romances são muito engraçados, pois Anne é uma garota não convencional que desafia o status devido à sua grande capacidade de imaginação e conversação. 

Bem, a série Netflix segue a história, personagens e temas, mas com certas liberdades entre eles, incluem temas LGBT, racismo entre outros. Sem mais detalhes, eu lhe dou 5 razões para assistir Anne!

1. Tudo é possível se você imaginar

Ao longo de toda a série, eles nos dirão que não há nada mais poderoso que a imaginação. 

Anne tem um dom de palavras e conseguiu sobreviver em um mundo cruel graças às histórias que imaginou. Os romances também enfatizam essa bela virtude que aos poucos se perdeu devido aos avanços tecnológicos e à necessidade de amadurecer rapidamente.

2. “A flor que cresce em adversidades é a mais rara e a mais bonita de todas”

É isso mesmo, estou citando a frase do Imperador da China de Mulan, da Disney, porque acho que essa frase é muito poderosa e 100% legítima. 

Os romances não dizem muito sobre como deveria ter sido a vida de Anne no orfanato, porque é um romance do século XIX e é por isso que houve questões sobre as quais não se falou muito. No entanto, os criadores da série têm o luxo de mostrar como deveria ser a realidade de um órfão da época, e a verdade é que não é uma história muito bonita.

Na série, Anne estará sujeita a preconceito e discriminação por muitas razões, porque, infelizmente, ela é uma garota altamente emocional com a língua afiada e, além disso, órfã, ou seja, “lixo social” na época (e atualmente também, infelizmente). 

Apesar disso, ela consegue se destacar e ser amada por sua nova família e amigos.

3. Racismo

Sim, a série inclui personagens afrodescendentes e como a sociedade canadense da época os tratava. Isso também é inclusão no conteúdo audiovisual.

4. Xenofobia e feminismo 

Há muitos episódios com esse tema circulando, mas também há diálogos sobre preconceitos sobre imigrantes. 

Qualquer semelhança com a realidade atual é mera coincidência. Também estão incluídos os temas feministas, que começaram a circular na época. Lembre-se de que o voto feminino foi dado no século XX, ou seja, praticamente ontem. 

5. Homofobia

Agora sim, pessoal: existem personagens LGBT, obviamente eu não vou dizer quais para te encorajar a assistir a série. 

No século XIX, como eu disse antes, havia temas ultra-tabus e esse é um deles. MAS (assim, em letras maiúsculas), os criadores da série conseguiram vincular esta questão ao tema principal da história de tal maneira que faz muito sentido. 

As questões anteriores que eu coloquei (xenofobia e racismo) também estão ligadas da mesma maneira. No geral, esta série é uma ADAPTAÇÃO dos romances e, como muitas coisas são respeitadas, mas elas também são expandidas em outras, o que é perfeito na minha opinião.

Bem, espero que essas razões sejam suficientes para te incentivar a assistir a essa grande série de três temporadas que você pode assistir na Netflix. Além da história, que é muito bonita, as performances, as paisagens e a atmosfera são excelentes. Você não se arrependerá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 Hábitos Das Mulheres Financeiramente Independentes

5 Boas razões para assistir a série ‘You’