10 Pensamentos de Albert Einstein que farão você refletir

10 Pensamentos de Albert Einstein que farão você refletir

Os pensamentos de Einstein revelam, além da teoria da relatividade, seu senso de humor, sua enorme humanidade, seu distanciamento de tantas paixões mortais, sua mente aberta e, também, é claro, seu lado mais escuro. 

O livro é uma boa forma de se aproximar de um homem que nunca deixará de ser fascinante. É difícil escolher, mas os exemplos a seguir são uma amostra das muitas citações interessantes que contém:

Sobre si mesmo:

Não tenho nenhum talento especial. Apenas sou apaixonadamente curioso. (Para Carl Seelig, 1952).

Trabalho e sucesso

– Se A é sucesso na vida, então a fórmula do sucesso é: A = x + y + z. Trabalho é x, brincadeira é y e z é manter a boca fechada. (Publicado no New York Times, 1929).

– Só uma vida vivida para os outros é uma vida que valeu a pena. (Citado no New York Times, 1932).

Aspecto físico

– Se você quiser me ver, aqui estou. Se você quiser ver minhas roupas, abra meu armário. (Disse a Elsa, sua segunda esposa, depois que ela sugeriu que se arrumasse antes de receber uma visita, 1932)

Educação

– Não se preocupe com as notas. Certifique-se de que seu dever de casa esteja atualizado e que você não precise repetir um ano. Não é necessário ter boas notas em tudo. (Para seu filho Hans Albert, 1916).

Ciência e relatividade

– Uma hora sentado com uma garota bonita em um banco de parque passa como um minuto, mas um minuto sentado em um fogão quente parece uma hora. (Explicação da relatividade dada por Einstein à sua secretária Helen Dukas para repeti-la perante jornalistas e leigos sobre o assunto)

Deus e religião

– Não consigo imaginar um Deus que recompensa e pune os objetos de sua criação. Também não posso acreditar que o indivíduo sobreviva à morte do corpo, embora os espíritos fracos sustentem essa ideia por medo ou egoísmo ridículo. Basta-me contemplar o mistério da vida consciente que se perpetua por toda a eternidade. (De What I Believe, Forum and Century 84, 1930).

Amor e casamento

– O casamento é apenas uma escravidão de aparência civilizada. (Citado por Konrad Waschsmann em Grüning)

Raças e preconceitos

– Todos os povos modernos são um conglomerado de tantas misturas étnicas que não existe raça pura. (De uma entrevista no Saturday Evening Post).

Energia Atômica

– Com o surgimento da energia atômica, nossa geração trouxe ao mundo a força mais revolucionária desde que o homem descobriu o fogo. (Em uma carta de apoio ao Comitê de Emergência de Cientistas Atômicos, 1947).

Guerra

– O homem que gosta de marchar no ritmo da música tem todo o meu desprezo. Este heroísmo sob encomenda, esta violência sem sentido, esta exibição sangrenta de patriotismo… com que intensidade os desprezo! A guerra é baixa e desprezível, e eu prefiro ser destruído do que participar de algo assim. (Do que eu acredito)

Deixe uma resposta