6 Responsabilidades que as madrinhas têm com seus afilhados (90% NÃO SABE DISSO)

You are currently viewing 6 Responsabilidades que as madrinhas têm com seus afilhados (90% NÃO SABE DISSO)

Este artigo é sobre pessoas muito especiais e importantes na vida de qualquer pessoa: as madrinhas. Todos conhecemos esse termo, mas você ficaria surpreso em saber que muitas pessoas não sabem ao certo quais são as obrigações das madrinhas para com seus afilhados. 

As madrinhas (e padrinhos) já existem a muitos anos, perto do século II para ser mais exato. E, o que antes era apenas um acompanhamento nos diversos sacramentos religiosos, hoje se tornou um papel completo com obrigações variadas.

Não é fácil ser madrinha de alguém, mas com certeza é lindo. É também para toda a vida, e talvez seja essa a razão pela qual podemos considerar um “serviço”. Daí a importância de ser claro sobre as funções e obrigações dessa pessoa importante.

1. Ser exemplo

Ser madrinha de alguém significa levar uma vida consistente com o que você quer ensinar a um afilhado. A madrinha deve atuar como “modelo” para orientar seu afilhado na vida e nas diferentes situações que ele enfrentará.

Assim, a madrinha deve dar o exemplo com seus próprios comportamentos e ações, legitimando todos os ensinamentos e conselhos que dará ao afilhado ao longo do tempo.

2. Suporte emocional

Outra função essencial de uma madrinha. Estar presente nos momentos mais difíceis e felizes para dar apoio emocional a um afilhado é uma das coisas mais importantes.

Seja dando conselhos ou simplesmente ouvindo, uma madrinha deve sempre cumprir seu dever é estar presente quando seu afilhado mais precisar dela.

3. Fazer parte do caminho espiritual

Acima dissemos que o papel de madrinha tem funções variadas e, claro, a espiritualidade é uma delas. Uma madrinha deve ser o “norte” na bússola espiritual de seu afilhado, para colocar de alguma forma. Com isso, queremos dizer que você deve estar sempre atento a quaisquer dúvidas ou orientações solicitadas neste assunto.

Seja por experiência própria ou simplesmente por uma opinião, uma madrinha deve fazer parte do caminho espiritual de seu afilhado. 

4. Se envolver com os pais

Embora o vínculo da relação madrinha-afilhada seja “exclusivo das partes”, por assim dizer, não se deve esquecer que os pais também estão envolvidos nessa dinâmica.

E eles são, basicamente, as pessoas mais importantes na vida de uma criança. Assim, por ser madrinha de alguém, os pais dessa pessoa também se tornam verdadeiramente importantes para você. 

Aí reside a importância de entendermos como amparo de toda espécie aos pais de um afilhado, sempre que possível. Seja emprestando uma orelha, cuidando de um afilhado quando os pais estão fora, ou qualquer coisa em que possamos ajudar.

5. Esteja aberto a qualquer experiência

Pode parecer óbvio, mas permanecer receptivo ao que quer que aconteça é um “estado” que toda madrinha deve adotar. E é que adotando essa atitude nunca daremos as costas a um afilhado, em hipótese alguma, e esta é uma das funções mais valiosas de todas.

Gerar em alguém a confiança de que tem uma pessoa que sempre estará presente, aconteça o que acontecer, é um dos mais belos presentes que podemos lhe dar. Portanto, esta é mais uma das funções fundamentais de uma madrinha.

6. Seja constante ao longo do tempo

Geralmente, há uma distância entre um afilhado e sua madrinha ao longo do tempo. Embora não seja algo bonito, é algo que acontece e em parte é compreensível.

O tempo passa e as pessoas crescem, seus interesses mudam e duas pessoas podem seguir caminhos separados, onde não encontram mais muitas coisas que os unem.

Deixe um comentário