7 Benefícios de ser o primeiro a perdoar

You are currently viewing 7 Benefícios de ser o primeiro a perdoar

Todos nós sabemos que o perdão é desculpar os outros por alguma ação que consideramos ofensiva e, portanto, renunciamos a qualquer ato de vingança. Acalmamos nossa raiva interior, não importa o dano que tenhamos sofrido, nos libertando dos fardos e nos ajudando a continuar felizes pela vida.

Quando perdoamos, nosso corpo experimenta um certo grau de satisfação e construímos a confiança dos outros. Mas ser o primeiro a pedir perdão tem muitas características mais favoráveis ​​para nosso corpo, mente e espírito.

Portanto, a seguir iremos explicar vários benefícios que aprender a perdoar tem para nós:

1. Nós nos relacionamos melhor com os outros

O perdão ajuda a restaurar pensamentos, sentimentos e comportamentos positivos em relação ao ofensor. 

Portanto, podemos dizer que nos ajuda a restaurar o relacionamento que antes estava separado por aquele ato ofensivo e que, ao perdoar, nos afastamos para voltar ao nosso estado original com aquela pessoa. Portanto, também nos ajuda a ter atitudes positivas em relação aos outros.

2. Níveis de estresse mais baixos

O cortisol é o hormônio esteróide que é produzido na glândula adrenal e aumenta o nível de açúcar no sangue, aumentando a glicose no cérebro e aumentando a regeneração dos tecidos. Liberado principalmente em resposta ao estresse

De acordo com estudos realizados em vários pacientes, foi demonstrado que, ao se falar em ressentimento ou perdão, os pacientes que demonstraram mais empatia para com o perdão responderam menos ao estresse.

3. Nosso coração funciona melhor

O perdão gera uma resposta mais lenta da frequência cardíaca e até mesmo demonstrou reduzir a pressão arterial. Portanto, pedir perdão nos favorece fisicamente e mais diretamente favorece o funcionamento de nosso coração. 

Sentindo-se mais calmo depois de pedir perdão, o corpo relaxa e com isso a atividade cardíaca diminui.

4. Vida mais longa

Ter rancor ou ódio nos faz passar pela vida com mais infelicidade. Não percebemos, mas nossa mente se enfurece com esse pensamento e deixamos de aproveitar os grandes momentos que a vida nos proporciona a cada momento. 

Portanto, quase certamente podemos dizer que o perdão prolonga nossas vidas. Segundo estudos realizados, foi demonstrado que os idosos são os que menos ressentem e perdoam mais ao longo da vida.

5. Menos depressão

O ressentimento ou a falta de perdão, são esquemas muito vistos e tratados por psicólogos. Eles causam distúrbios em nossa saúde mental que podem nos levar a ter depressão e até ansiedade. Portanto, aprender a perdoar nos dará um grande alívio para fugir desses dois estados angustiantes em nossas vidas.

6. Isso nos dá paz

As ofensas não acontecem apenas fora de casa. Muitas vezes podemos ofender, assim como podemos ser ofendidos em nossos relacionamentos. Mas um relacionamento, entende-se, será duradouro, então, se não aprendermos a perdoar, será muito difícil. O perdão ajuda a restaurar os laços, nos ajudando a viver em harmonia e paz.

7. Uma boa noite de sono

Estar em paz consigo mesmo é essencial para manter uma vida bem vivida e feliz. Portanto, quando se trata de adormecer, parecerá seguro e altamente restaurador. Ao contrário, se formos para a cama com um pensamento vingativo, ou cheios de rancores, perceberemos que no dia seguinte nos sentimos cansados e até contraídos de dormir com um pensamento que não nos faz bem.

Deixe um comentário