8 Hábitos diários que irão melhorar sua saúde mental

8 Hábitos diários que irão melhorar sua saúde mental

Segundo a OMS Saúde, saúde é o estado de plenitude física, mental e social. Por isso, devemos cuidar de nossa saúde mental tanto quanto a física, porém, as pessoas tendem a subestimá-la e muitas vezes se arriscam com práticas que as prejudicam a longo prazo.

Por que tenho que cuidar da minha saúde mental?

Por que as pessoas correm tanto risco com sua saúde mental? Por que não cuidar tanto quanto com a saúde física? O que leva a ser desvalorizado? A saúde mental é algo que não pode ser visto a olho nu quando nos olhamos no espelho porque o que sentimos na maioria das vezes são sintomas, que ao contrário dos sinais, estes não são vistos a olho nu. 

Os sinais nos alertam sobre doenças físicas, porém, distúrbios psicológicos raramente os mostram. O que significa que na maioria dos casos a pessoa não se preocupa tanto e não procura um profissional. Por causa disso, podemos estar incubando um desconforto por tempo suficiente para que se transforme em um distúrbio, quando poderia ter sido tratado de forma mais simples desde o início.

8 Hábitos para melhorar a saúde mental

1. Mantenha seu cérebro ativo

Inatividade leva a mais inatividade… Então… coloque para usar! Faça funcionar! 

Alguns hobbies que lhe trarão esses benefícios são a busca por palavras, os quebra-cabeças de sudoku, a descoberta de diferenças, as operações… e todos os tipos de quebra-cabeças e jogos que funcionam com lógica! Damas, xadrez, dominó… são jogos que mantêm sua lógica e raciocínio melhor se você os praticar com frequência. 

Por outro lado, ler e escrever são dois recursos maravilhosos que nos ajudam a evitar nossos problemas diários. Ler é mais agradável, mas se você gosta de escrever e se divertir com isso, também estará desenvolvendo sua imaginação.

2. Tenha metas de vida

Mantenha seu cérebro jovem e desperto com novos desafios todos os dias. Quão? Estabeleça metas ou objetivos diários que não precisem ser muito grandes, mas minimamente motivadores

Para fazer isso, defina um desafio de longo prazo, por exemplo, um ano. Em seguida, divida essa meta em duas ou três metas de médio prazo (4-5 meses) e, finalmente, em metas de curto prazo (todos os meses) que trazem pequenos benefícios. 

Isso vai dar mais sentido à sua vida, porque você estará lutando todos os dias para alcançar seus objetivos e se também permanecer constante verá que a cada dia estará mais perto deles.

3. Descanse mais horas

Se você é daqueles que dormem pouco, têm que saber que se quiser melhorar sua saúde mental deve dormir as horas mínimas recomendadas.

Tem gente que não precisa das 8 horas estipuladas de sono e tem gente que precisa de 9, porém dormir menos ou mais horas do que o seu corpo precisa não é bom para você, isso te torna mais vulnerável a problemas psicológicos como ansiedade, dificuldade de controlar as emoções e mudanças repentinas de humor.

4. Pratique a assertividade

A Assertividade é a capacidade de dizer o que pensa e defender seus direitos sem ofender ou sentir ou violar os direitos dos outros. 

É a melhor forma de aliviar a ansiedade gerada nas relações sociais sem prejudicar outras pessoas. Portanto, é importante que você aprenda a dizer “não” quando não quiser fazer algo. 

Os compromissos sociais ou de trabalho muitas vezes nos fazem calar, porém não é bom nos acostumarmos, todos precisamos descansar e ter um tempo para nós mesmos.

5. Siga uma dieta balanceada

Se você deseja melhorar sua saúde mental, não deve esquecer sua parte física. Por isso, deve-se comer bem e de forma balanceada e variada, experimentando alimentos de todos os grupos. 

Claro, é melhor que os alimentos sejam naturais e não processados. Você também deve controlar as porções, é bom comer todo tipo de comida, mas na medida certa, sem abusar de um tipo específico. Especialmente bons para o cérebro são aqueles que contêm ômega 3 e 6, vitaminas B, como B6 e B12, ácido fólico, ferro, cálcio, magnésio…

– Nozes, amêndoas e outras oleaginosas reforçam a nossa memória e concentração.

– Peixe azul como salmão, sardinha, anchova…

– Bebidas com antioxidantes: café, chá e outras infusões (sempre sem abuso).

– Frutas, legumes e verduras: frutas cítricas, tomate, amoras, morangos, beringelas, brócolis, abacate, etc.

– Alimentos que aumentam os níveis de triptofano, um precursor de neurotransmissores como a famosa serotonina e a melatonina, que são de vital importância no humor e na regulação do ciclo sono-vigília. Alguns deles são frango, peru e outras carnes magras, gema de ovo, laticínios, abacaxi, banana, abacate, grãos inteiros, fermento de cerveja, chocolate amargo e legumes.

7. Pratique exercícios físicos

Você sabia que um dos benefícios de se exercitar regularmente é melhorar nossa atividade física e saúde mental? 4 dias por semana são suficientes para começar a perceber os benefícios. 

Quando nos exercitamos (principalmente aeróbicos) nosso cérebro secreta endorfinas endógenas que atuam nos circuitos de recompensa e geram uma sensação agradável e agradável em nosso corpo, melhorando um pouco nosso humor e deixando o corpo em estado de relaxamento e bem-estar.

Além disso, o efeito é cumulativo, isso significa que mesmo que nas primeiras vezes você não perceba o efeito, com o tempo ele será cada vez mais reforçador para você.

8. Desconecte-se de tudo

Tire um tempo diariamente, só para você e para fazer algo que você gosta de fazer: um banho de espuma, ler um bom livro, assistir suas séries favoritas, dar um belo passeio de bicicleta… o que for preciso, desde que você se desconecte do trabalho e tarefas diárias. 

Quando você mora com mais pessoas, pode parecer difícil encontrar um tempo sozinho, mas você deve ver isso como uma obrigação, especialmente se houver outras pessoas que dependem de você. Se você não é mentalmente saudável, como vai cuidar dos outros?

Deixe uma resposta