9 Dicas para encontrar o sentido da vida quando tudo parecer perdido

9 Dicas para encontrar o sentido da vida quando tudo parecer perdido

Você se lembra de como se sentia quando era criança? Você era feliz sem motivo e seu entusiasmo pela vida não conhecia limites.

Para a maioria de nós, a experiência de alegria sem motivo e entusiasmo pela vida desaparece à medida que envelhecemos, quando somos empurrados para o mundo de compromissos, deveres e responsabilidades… a parte chata de ser adulto!

Já se foram os dias em que você pulava alegremente da cama. Em vez disso, o som do alarme disparando às 6 da manhã provoca um gemido e o desejo de voltar para debaixo das cobertas por mais alguns minutos.

Seu brilho interior diminuiu e você se sente drenado, desconectado e entorpecido por dentro. Você não gosta da pessoa que se tornou. Você quer ter seu velho eu alegre de volta…

E se o que você deseja ainda estiver lá, exatamente onde você o deixou? Aqui estão 9 dicas para te ajudar a recuperar o seu brilho e se reconectar com o gosto pela vida que você conheceu quando criança.

1. Voltar ao básico

Os humanos prosperam em condições simples. 

A complexidade e a ocupação nos desconectam da VIDA interior. Quando a vida é simples, sua experiência interior permanece clara e espaçosa, permitindo que mais luz de sua verdadeira natureza brilhe.

Organize, viva dentro de suas possibilidades, evite situações estressantes, conclua tarefas inacabadas, tome decisões rapidamente e cumpra-as, perdoe facilmente.

2. Vá mais devagar e cheire as flores

Quando você vive a vida na via rápida, você perde todos os prazeres simples: o vento sussurrando por entre as árvores, o calor do sol em sua pele, o som das ondas quebrando na costa, as coisas que tornam a vida rica e toda experiência significativa. 

Tome uma decisão consciente de desacelerar. Reduza seus compromissos.

Reserve tempo suficiente entre os compromissos para passar o dia em um ritmo tranquilo. Aprenda a dizer não. Execute tarefas lenta e conscientemente. 

Levante-se mais cedo, vá a pé ou de bicicleta para o trabalho, fique atento à paisagem no caminho, passe um tempo no mato ou na praia, aproveite o pôr do sol. Acorde para o mundo ao seu redor. É assim que as crianças vivem.

3. Obtenha sua dose diária de vitamina G

Vitamina G é o apelido dado para a gratidão! 

Pode ser usada como uma ferramenta para treinar a mente. Sempre que você começar a reclamar da sua vida ou do mundo, pense em três coisas pelas quais agradecer: um corpo saudável, um teto sobre sua cabeça, comida na mesa? 

Quando você vive de forma lenta, simples e consciente no momento presente, o mundo naturalmente ganha vida e fica lindo. A gratidão vem sem esforço, como uma expressão de quem você é.

4. Faça o que te faz feliz AGORA

Quando você era jovem, foi dito que o roteiro para uma vida feliz e bem-sucedida é estudar muito, ir para a faculdade, conseguir um emprego bem remunerado, comprar uma casa e que, uma vez que todas as caixas sejam marcadas, ENTÃO você estará feliz?

As crianças já estão felizes sem nenhuma dessas coisas. A felicidade não é algo para “obter”. É o seu estado natural e surge espontaneamente quando não há nada bloqueando.

A felicidade é uma vibração. Quando você faz o que gosta de fazer, vibrar em alta frequência. Você se torna atraente, como um ímã.

À medida que o semelhante atrai o semelhante, ele facilmente começa a atrair o emprego certo, o relacionamento certo e as circunstâncias certas em sua vida.

Existem duas maneiras de viver a vida. Você pode confiar em seus próprios esforços para criar as condições que podem ou não lhe trazer felicidade e realização ou pode fazer o que quer que o faça feliz primeiro e deixar que a vida cuide de suas necessidades.

5. Concentre-se no momento.

As crianças estão presentes, alertas e fascinadas por seu mundo.

A vida está acontecendo agora, mas a perdemos devido ao nosso vício em pensar no futuro. Nossas mentes ocupadas nos distraem da maravilha e da beleza que nos rodeia a cada momento.

Adquira o hábito de notar quando você se perde em pensamentos improdutivos.

PARE. RESPIRE FUNDO. FOQUE NO PRESENTE.

A consciência do momento presente é a chave para trazer a alegria de volta à sua vida.

6. Um pequeno desconforto o mantém alerta

Vá lá e mova seu corpo. Caminhe para o trabalho, pegue as escadas em vez do elevador, nade descontroladamente, tome um banho frio, se divirta na natureza, suba uma colina, dance na chuva, sinta o vento no rosto.

Onde quer que você sinta resistência, esse é o seu caminho para a vitalidade.

É preciso coragem para sair de sua zona de conforto. Mas, assustador ou não, às vezes isso é o que é preciso para ter sua VIDA de volta.

7. Concentre-se nas necessidades dos outros

Quando você é egocêntrico, sua energia fica pesada e você desconecta de você mesmo, dos outros e da própria vida. Quanto mais você dá, mais alinhado você se torna com sua natureza intrínseca, que é dar livremente.

Esteja sempre atento a oportunidades de servir. Pratique atos aleatórios de bondade.

Compre um café ou um sanduíche para um sem-teto. Deixe alguém ir na sua frente no caixa. Ofereça a uma pessoa idosa seu assento no ônibus. Envie a alguém uma carta de agradecimento. Surpreenda com flores ou uma caixa de chocolates. Tire um tempo para recolher o lixo do parque.

8. Reconecte-se com seu estado natural de alegria

Quando ofereço sessões experimentais de meditação ao público, sempre me surpreendo que as pessoas que nunca meditaram antes, muitas vezes experimentam uma paz profunda na primeira vez que tentam.

Mesmo as pessoas profundamente infelizes podem sentir paz na primeira vez que meditam.

Por que é isso? É porque quando o tráfego barulhento em sua mente ocupada se acalma por um momento, você pode ter um vislumbre do que está abaixo. Você tem a oportunidade de experimentar paz, quietude e conexão, os atributos de sua verdadeira natureza.

Ser adulto pode ser bastante difícil.

Diante de uma rotina entediante e monótona, uma pilha interminável de contas para pagar e demandas implacáveis ​​de tempo e energia, é muito fácil perder sua alegria, paixão e entusiasmo pela vida.

Mas há boas notícias.

O que você está procurando está muito vivo dentro de você. Ainda está lá, exatamente onde você o deixou.

Alegria, paixão e vitalidade são atributos naturais de sua verdadeira natureza. Você os descobre removendo os elementos não naturais, como agitação, estresse e complexidade.

Deixe uma resposta