Descubra o segredo para viver uma vida leve e feliz…

Descubra o segredo para viver uma vida leve e feliz…

Mesmo que de forma inconsciente, costumamos cometer vários erros ou adquirir hábitos que nos impedem de viver como realmente gostaríamos. E certamente não estou me referindo aos erros do passado, mas a alguns comportamentos que nos impedem de viver em paz com nós mesmos.

Quantas vezes perdemos um tempo precioso pensando nas aparências: você gosta do jeito que eu me visto? Meus colegas fofocam sobre mim? Os vizinhos perceberam que discuti com meu parceiro? O que minha mãe pensará se eu decidir mudar de casa?

Como ser leve e feliz?

Chegou a hora de uma vida linda por dentro. Se você quer priorizar o que você gosta, o que o faz se sentir melhor, é vital que entenda que os pensamentos vão para onde você coloca sua atenção. 

Na verdade, aprender a “mudar” a atenção de um pensamento para outro é o primeiro passo para se sentir mais leve e sereno consigo mesmo. Os pensamentos positivos virão por si só à medida que você trabalhar internamente.

Quanto menos espaço você dá aos seus medos e inseguranças, mais você se acostuma a controlar sua mente e a criar pensamentos conscientes. Mas, para fazer isso, você precisará se reconectar à sua parte mais autêntica. Então:

1) Abandone as auto imposições

Não ria muito”, “não pule de um lugar para outro”, “mantenha sempre as roupas limpas”, “não tenha pressa”… Há algumas coisas que aprendemos quando crianças e que nos deixaram uma marca importante.

Mesmo quando nos tornamos adultos, nossa infância vive dentro de nós e inevitavelmente se manifesta por meio de atitudes inconscientes que assimilamos quando crianças. Por exemplo, se fomos instruídos a calar a boca, provavelmente teremos dificuldade em expressar nossos pensamentos e ideias.

Portanto, se conseguirmos deixar essas partes de nós tão profundas que nos bloqueiam, veremos uma mudança maravilhosa acontecer em nossa vida.

2) Compreender o que realmente queremos

Antes de ficarmos deprimidos porque todos estão nos julgando, devemos nos perguntar se aceitamos nossos desejos ou se, pelo contrário, estamos nos limitando.

Por exemplo: “quero me divorciar, mas não o faço por medo do que as pessoas dirão. No entanto, é isso que eu quero!” Esse é um pensamento de alguém que não se coloca em primeiro lugar.

Portanto, comece a priorizar suas decisões; você descobrirá que as pessoas não o julgam tanto quanto você pensava, ou melhor, pode descobrir que não se importa se elas o julgam ou não.

Entre outras coisas, as pessoas tendem a criticar mesmo sem conhecimento dos fatos, talvez porque vejam refletidas partes de si mesmas que rejeitam.

Você tem que pensar em si mesmo! Priorize o que você quer, não o que seu lado crítico exige que você faça. Porque, no final das contas, é você quem tem o comando da sua vida nas mãos; você não pode se deixar ser guiado por suas crenças e medos, muito menos por outras pessoas. 

Para atingir seus objetivos, você deve:

  • decidir quais atitudes tomar
  • decidir como reagir aos acontecimentos

Como você reage a essas duas escolhas determinará quem você será amanhã.

“Quem você será e como você se tornará amanhã depende de como você age e reage hoje, são as ações que você realiza todos os dias que determinam o que você será amanhã”

A fórmula é simples: hoje somos o resultado de decisões e ações feitas no passado, no futuro seremos o resultado de decisões e ações tomadas hoje.

Às vezes somos levados a pensar que o seu futuro já está escrito, acreditamos que estamos “destinados para sempre” a um determinado tipo de vida, tanto no positivo como no negativo.

Achamos que sempre temos que conviver com os problemas habituais e os sacrifícios habituais, ou temos a certeza de que tudo sempre estará bem. Nada mais errado! Nosso futuro nunca mais será o mesmo que nosso presente ou nosso passado.

Porque o futuro é determinado por como pensamos e agimos no presente, por nossos pensamentos e nossas palavras hoje. Da mesma forma como nosso presente foi determinado por nossas ações no passado.

 3) Crescer e melhorar

Não importa qual seja a sua situação de vida atual, não importa onde você está agora na sua trajetória de vida, porque você sempre pode mudar. Você pode melhorar e crescer se perceber que pode ser mais, muito mais do que é agora!

Pessoas satisfeitas são aquelas que estão constantemente tentando melhorar a si mesmas, aquelas que escolhem e decidem o que querem fazer na vida. As pessoas que evitam se adaptar aos programas que os outros definiram para elas, que agem para alcançar o que decidiram ser e fazer.

4) Deixe de lado o que você não precisa

As pessoas que você atrai para sua vida são aquelas que “vibram” em sua própria frequência, com as quais você ressoa e de quem “precisa” naquele momento. 

Mas, nada é para sempre, assim também são as pessoas que entram e saem de sua vida. Quando isso acontece, você tem que deixar ir as pessoas ou situações que não podem mais fazer parte da sua vida, sem culpa ou sofrimento.

5) Abandone o sentimento de culpa

Com que frequência nos acusamos ou nos sentimos julgados pelos outros? Devemos nos libertar do sentimento de culpa que surge quando caímos nas armadilhas da mente.

Mesmo se você achar que tem um defeito, dê a si mesmo o direito de se perdoar. É o caminho mais curto para desenvolver mais amor próprio e maior autoestima.

6) Nunca desista!

Mesmo quando tudo parece impossível ou inútil para você, encontre forças para ter esperança e seguir em frente. Não tenha medo de pedir ajuda e não considerar nada garantido, mesmo quando tudo parece ruim ao seu redor. Lembre-se, é na imperfeição que reside a beleza. Aconteça o que acontecer, não pare.

Deixe uma resposta