Faça jardinagem em casa e transforme seu confinamento em terapia para a alma

Faça jardinagem em casa e transforme seu confinamento em terapia para a alma

Ao longo desses meses eternos de confinamento, uma tendência de cultivar plantas em casa foi criada. As pessoas descobriram a satisfação que vem de plantar, plantas ornamentais ou comestíveis, e vê-las crescer e preencher seus espaços com a natureza viva!

Observar pequenas sementes crescerem e se transformarem em plantas belíssimas é uma atividade importante que está enraizando nossas raízes na terra onde nascemos. É uma ótima maneira de nos conectarmos com nossa origem e nutrir a esperança de que nossa vida renasça como nossas sementes.

O cultivo de plantas está na moda:

E, mais do que uma moda passageira, a jardinagem se tornou uma atividade tão benéfica que poderia ser comparada à meditação. E é certo que assim que adquirir este modo de vida, não poderá mais abandonar!

Qualquer área de sua casa ou apartamento pode ser usada para começar a plantar uma pequena planta. Varandas, vasos nos cantos sob uma janela, jardins, terraços… qualquer lugar é perfeito para ver sua própria planta crescer e desfrutar de sua mudança vertiginosa.

Em muitos países, a venda online de suprimentos de jardinagem excedeu a demanda. As pessoas querem plantar e se dedicaram a aprender como cultivar plantas comestíveis, para amenizar um pouco a escassez de alimentos frescos.

As redes sociais explodiram com diferentes hashtags referentes à jardinagem, e até influenciadores e celebridades começaram a publicar suas fotos ao lado de seu próprio jardim! Não importa se é um lugar pequeno ou muito grande. O importante é como nos sentimos ao passar nosso tempo cultivando nossas próprias plantas.

É incrível quantas famílias assumiram a tarefa de cultivar seu próprio pedaço de terra nesta pandemia! Com paciência, carinho e dedicação, muitas casas conseguiram ter um espaço onde passam grande parte do dia em contato com a natureza.

Por que a jardinagem é tão boa?

Mais do que uma tendência, a jardinagem nestes tempos de confinamento tornou-se uma forma muito inteligente de reajustar a nossa ligação com o meio ambiente. Voltar às raízes ancestrais, onde dependemos da própria colheita para sobreviver, honrando e venerando a magia divina que envolve tudo o que tem a ver com a vegetação e sua energia natural.

Existe uma certa força estabilizadora na jardinagem, que pode nos animar quando nos sentimos mais vulneráveis. Se adicionarmos água, sol e muito amor, nos sentiremos realmente renovados.

É hora de plantar!

Este é um momento maravilhoso para se tornar um jardineiro doméstico, pois você não tem nenhum outro lugar para ir e as atividades domésticas se tornam monótonas. É uma fuga da realidade do confinamento e, ao mesmo tempo, é considerado um método poderoso de estar no aqui e agora, centrado neste momento de magia e conexão com o divino.

Pessoas em todo o mundo estão se voltando para a jardinagem como um hobby relaxante, uma atividade familiar que também alivia as preocupações com a segurança alimentar, pois os bloqueios atrasam a colheita e distribuição de algumas safras.

Se reconecte com a natureza através da jardinagem

À medida que a temperatura sobe e as flores desabrocham, as pessoas pegam suas pás e colocam luvas de jardinagem.

É um retorno à natureza em tempos de crise para encontrar a calma, para se conectar com algo tão primário quanto reconfortante. É conectar-se a nós mesmos por meio da mãe terra.

Jardinagem como forma de diminuir a escassez:

A maioria de nós hoje vive o que nunca experimentou antes: ficar trancado em casa por semanas ou meses. Estes são tempos sem precedentes e exigem que as pessoas em todo o mundo experimentem diferentes formas de vida.

Embora as crises sejam repletas de oportunidades, nossos medos e vulnerabilidades também vêm à tona.

A acumulação de alimentos tem sido muito notória e as pessoas temem que não tenham comida. Os sistemas alimentares tradicionais podem atingir um ponto crítico, seja devido à escassez de mão de obra ou ao colapso da demanda.

Para responder a esses temores, um número crescente de pessoas começou a cultivar alimentos e está convocando outros a fazer o mesmo. As vendas de sementes estão crescendo. As pessoas estão sendo incentivadas a aumentar a produção local de alimentos, tanto em casa quanto nos espaços públicos urbanos.

Cultive suas plantas em casa: a melhor conexão!

Em geral, cultivar plantas em casa, dentro ou fora do jardim, é uma atividade muito positiva para o bem-estar mental. Nestes tempos de incerteza, ajuda especialmente a aliviar a ansiedade ao se conectar com a natureza. Dá às pessoas a oportunidade de fazer algo bonito e útil e proporciona uma sensação de segurança.

É enriquecedor observar e nutrir uma planta para fazê-la crescer. Isso nos lembra que um pouco de cuidado e amor criarão algo do nada. Não seremos mais tão vulneráveis ​​à dependência alimentar externa.

Deixe uma resposta