Parábola do pai e do filho – Uma reflexão de 2 minutos que todos os pais deveriam ler!

Parábola do pai e do filho – Uma reflexão de 2 minutos que todos os pais deveriam ler!

Um dia, um pai estava trabalhando e seu filho veio e perguntou-lhe:

– “Pai, posso te fazer uma pergunta? 

Papai respondeu: 

– “Sim, filho, qual é a sua pergunta? 

O filho respondeu

– “Quanto dinheiro você ganha por dia?” 

O pai zangado e chateado respondeu: 

– “Isso não é do seu interesse, por que você pergunta uma coisa dessas?” 

O filho respondeu:

– “Eu só queria saber, diga-me, quanto?”

O Pai respondeu: 

– “500 moedas por dia” 

O menino com as mãos na cabeça então disse: 

– “Pai, por favor, pode me emprestar 300 moedas? 

O pai com raiva enfatizou: 

– “Se a única razão pela qual você me perguntou quanto dinheiro eu ganho por dia é para te emprestar um pouco, então conquiste seu dinheiro por seu próprio mérito. Por favor!” 

O pai pensou que, seu filho era tão insensível, ele trabalhava todos os dias e não queria que ele se comportasse assim.

O menino caminhou lentamente para o quarto e fechou a porta.

O homem sentou-se e começou a refletir, e a ficar um pouco mais irritado com as perguntas do menino. 

O homem então, continuou pensando:

– “Por que você faz esse tipo de pergunta, você só está interessado no meu dinheiro? 

Depois de uma hora ou mais, o homem, já um pouco mais calmo, começou a refletir novamente, teve um breve pensamento sobre o filho e a família.

Então, novamente pensou:

– “Talvez ele realmente precise das 300 moedas e também não pergunta sobre o meu dinheiro com tanta frequência”.

O homem foi até o quarto do menino triste e abriu a porta. 

O pai sussurrou:

– “Filho, você está dormindo?”

O garotinho em tom silencioso respondeu:

– “Não pai, estou acordado”

O pai da família disse ao filho:

– “Eu estava pensando no que você tinha me dito, e talvez tenha sido um pouco duro com você, tem sido um longo dia, aqui estão as 300 moedas que você me pediu”.

Então o menino pulou da cama e com um sorriso no rosto disse:

– “Obrigado pai, você é o melhor!”

Então o pai percebeu que ele tirou algumas moedas que ele já tinha debaixo do travesseiro e ficou muito bravo novamente.

O menino contou o dinheiro com cuidado.

Novamente o pai, já um tanto irritado, disse:

– “Por que você queria dinheiro se já tinha algo guardado?”.

Então o menino respondeu:

– “Pai, agora tenho 500 moedas. Posso comprar um dia do seu tempo? Por favor, venha amanhã cedo. Eu gostaria de tomar café da manhã com você”

O pai ficou surpreso com seu filho, e eles se derreteram em um grande abraço

Esta breve reflexão para os pais os lembram da importância do trabalho árduo, não devemos deixar o tempo escapar das nossas mãos sem o termos passado com as pessoas mais importantes da nossa vida, as que estão mais próximas do nosso coração.

Se morrermos amanhã, nosso local de trabalho pode ser facilmente substituído em alguns dias. Enquanto a família e os amigos que deixamos para trás sentirão perdas pelo resto de suas vidas.

E às vezes nos dedicamos mais ao trabalho do que à família.

Pense nessa criança interior que carregamos em nossa alma.

Deixe uma resposta