Pare de se arrepender do que você não pode mudar e veja o que fazer para aproveitar o presente

Pare de se arrepender do que você não pode mudar e veja o que fazer para aproveitar o presente

Como você gasta seu tempo?

Muitas vezes ouvimos falar que o tempo é a coisa mais valiosa que o ser humano possui, mas infelizmente é algo que muitos percebem tarde demais, eles se dão conta disso quando os momentos mais importantes passam.

Nossa vida passa tão rápido que fazemos coisas sem pensar nelas. Hoje, quero compartilhar com vocês como e por que devemos aproveitar cada momento ao máximo.

Quantas pessoas reclamam amargamente de não ter tempo, e a realidade é que não valorizamos esse tesouro tão grande. Dedicamos mais horas ao trabalho, buscando benefícios econômicos para atender às necessidades daqueles que mais amamos, o que não é ruim, mas neste esforço esquecemos a qualidade do tempo que nossos entes queridos também merecem e precisam.

Aprendi que os momentos que realmente importam e são valorizados são justamente aqueles que são entregues com integridade, por meio da convivência direta.

O tempo passa tão rápido ao nosso redor que simplesmente nos damos a chance de “sobreviver“. Nos tornamos escravos da rotina e passamos cada um de nossos dias imersos em um mar de problemas e pequenas situações.

Vivemos em um mundo em que é mais importante saber como a bolsa de valores fechou hoje do que como nossa mãe acordou; Ou, descobrir todos os detalhes do caso político da moda, em vez de perguntar como estará aquele amigo que não vemos há muito tempo.

Com isso quero dizer que em muitas ocasiões colocamos as pessoas que dão sentido às nossas vidas em segundo plano e nos tornamos egoístas. 

Esquecemos que somos as pessoas que movem o mundo e não o contrário. Esquecemos o prazer de viver apenas para sobreviver em um mundo dominado pelo caos, estresse e complexidade. 

Quantificamos nosso tempo em dinheiro; Não nos importamos de gastar horas extras no trabalho para ganhar mais ou aspirar a uma posição melhor na empresa, e sentimos que assim podemos ganhar o mundo, mas nunca percebemos que fazendo isso estamos perdendo coisas tão grandes quanto a infância de nossos filhos, a oportunidade de curtir nossos pais, de construir momentos com nosso parceiro ou de visitar um amigo.

O mais irônico é que essas coisas que alimentam e engrandecem o ser humano são de graça e custam pouco tempo.

A grande diferença entre viver e sobreviver está na qualidade de vida que temos, nas vidas que mudamos para melhor e na felicidade que obtemos com o nosso caminhar diário. 

Decidi aproveitar mais o meu trabalho, mesmo com as adversidades que vão surgindo. Decidi não deixar passar um único dia sem reconhecer e valorizar aqueles que tanto amo. Não quero que no final dos meus dias me arrependa de ter esquecido o que realmente me transcende: o amor que recebi e doei. 

Viver no aqui e agora é uma decisão pessoal, provavelmente tomada em momentos de introspecção ou dor, quando acreditamos que a vida corre como água pelas nossas mãos. Tenho a convicção de que a vida é um presente maravilhoso e que é uma responsabilidade individual estar mais presente, mais disposto a detectar os momentos que nos fazem felizes e as pessoas que realmente importam. 

Quero pedir a você que não se arrependa do que já aconteceu, que tome essas experiências como lições para mudar a partir de hoje. Valorize o seu tempo e use-o no que realmente vale a pena. Anime-se e até a próxima!

Deixe uma resposta